This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Oficina Lu Ban Portuguesa promete ser 'inspiração para o mundo'

IPS inaugurou laboratório em Indústria 4.0 em parceria com o Governo de Tianjin



A Oficina Lu Ban Portuguesa é já uma realidade, apenas cinco meses passados sobre o estabelecimento da respetiva parceria entre o Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) e o Governo Municipal de Tianjin, na China. A unidade, que é a única em Portugal e a sexta no mundo a possibilitar um ensino e uma investigação de excelência na área da Indústria 4.0, foi ontem inaugurada oficialmente, no edifício da Escola Superior de Tecnologia de Setúbal (ESTSetúbal/IPS), no dia em que o presidente da China, Xi Jinping, concluía a sua visita de Estado a Portugal.

"Esta inauguração ocorre num momento muito importante para as relações entre Portugal e a China. Queremos contribuir para o seu aprofundamento a nível educativo e científico", afirmou na cerimónia o presidente do IPS, Pedro Dominguinhos, descrevendo a Oficina Lu Ban Portuguesa como "um projeto inovador que queremos que seja partilhado com a comunidade".

Para o responsável, esta unidade, que foi construída em estreita colaboração com a Escola Vocacional de Mecânica e Eletricidade de Tianjin, encerra "potencialidades imensas". Entre elas, a nível pedagógico, o "desenvolvimento de uma investigação baseada na prática e a criação de projetos multidisciplinares com a integração de docentes de várias áreas e também de empresas, construindo soluções para problemas complexos e assim potenciando a inovação e a competitividade empresarial", enumerou. 

À beira das comemorações, em 2019, dos 40 anos do IPS e também do restabelecimento das relações diplomáticas entre Portugal e a China, a Oficina Lu Ban Portuguesa assume simbolicamente a natureza de um "presente", para cuidar e transmitir. "Lu Ban, famoso carpinteiro e inventor que viveu há mais de 2 000 anos, não é apenas um nome, representa um espírito, é sinónimo de trabalho, sabedoria e inovação. Que a Oficina Lu Ban Portuguesa possa também transmitir este espírito, sendo um modelo, uma inspiração para outras partes do mundo", afirmou, por seu turno, o presidente do Governo Municipal de Tianjin, Zhang Guoqing.

Da parte do Governo português, a Oficina Lu Ban Portuguesa, agora pronta a funcionar no IPS, merece "toda a estima e apoio", como referiu na sua intervenção o secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Sobrinho Teixeira. Um projeto que, adiantou o governante, está "muito de acordo" com algumas das missões definidas para o ensino superior politécnico português, nomeadamente a "valorização das práticas pedagógicas e a passagem direta do conhecimento para a realidade empresarial" e a "valorização das nossas regiões".

João Sobrinho Teixeira deixou também o desejo de que a nova unidade de ensino tecnológico seja, não só "um motor em termos de mobilidade de alunos entre Tianjin e Setúbal e vice-versa", como também "indutora de uma ligação cada vez maior entre o nosso ensino politécnico e o ensino vocacional da República Popular da China, especialmente da cidade de Tianjin".

Com 16 milhões de habitantes, Tianjin é a maior cidade do norte da China, sendo considerada o centro da formação profissional do chamado gigante asiático, em resultado de duas grandes apostas: na educação e na indústria. Na região, onde estão instaladas 57 universidades, estudam um total de 600 mil jovens.

Na cerimónia, intervieram também a presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, que assinou no mesmo dia uma carta de intenções com vista a uma futura geminação entre Setúbal e Tianjin, para além do presidente da Escola Vocacional de Mecânica e Eletricidade de Tianjin, Zhang Weijin, e do diretor da ESTSetúbal/IPS, Nuno Pereira, parceiros diretos neste projeto.  

 

 

06 de dezembro/2018 

 

 

Opções
Últimas Notícias
Fernando Mamede apadrinha São Silvestre do Sado IPS
Estudante Danilo Ferreira é campeão europeu de Andebol Adaptado
Concurso ONcontrol | Inscrições abertas até 14 de dezembro