This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Politécnico de Setúbal já é campus europeu

Projeto E³UDRES², que hoje se inicia, será uma alavanca de inovação para as regiões

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) está entre as sete instituições de ensino superior nacionais que viram recentemente aprovados projetos para constituição de Universidades Europeias, alianças transnacionais financiadas pela Comissão Europeia com arranque a partir de hoje, dia 1 de outubro.

O IPS integra o consórcio que candidatou o projeto E³UDRES² (Engaged European Entrepreneurial University as Driver for European Smart and Sustainable Regions), englobando mais cinco instituições de ensino superior (IES), nomeadamente da Áustria, Bélgica, Hungria, Letónia e Roménia. O investimento global é de cerca de cinco milhões de euros, do programa Erasmus+, a concretizar ao longo dos próximos três anos, com o objetivo de fazer das IES parceiras verdadeiras alavancas do desenvolvimento das regiões onde se inserem.

Baseando-se na constatação de que a maioria da população europeia se concentra em cidades de pequena e média dimensão e áreas rurais circundantes, o projeto E³UDRES², que ambiciona igualmente imprimir uma nova dinâmica no panorama do ensino superior europeu, propõe-se transformar as regiões em autênticos laboratórios vivos, onde se produzem soluções para problemas concretos e com verdadeiro impacto na sociedade, ao mesmo tempo que se qualificam jovens profissionais preparados para os desafios de um mundo em mudança. 

Para tal, o consórcio está a criar um grande "campus" resultante da partilha de conhecimento, boas práticas, competências e recursos, com o objetivo último de atuar localmente, nas respetivas regiões de influência, mas sem perder de vista uma perspetiva globalmente europeia, como refere o lema adotado: "Da Europa - Para a Europa".

Segundo Susana Piçarra, vice-presidente do IPS com os pelouros da Investigação e da Internacionalização, "pretende-se criar uma Universidade Europeia empreendedora e envolvida, que responda aos desafios societais, ambientais e económicos do século XXI e que esteja comprometida com o desenvolvimento de objetivos sustentáveis".

Ao longo dos próximos três anos, e com um impacto que perdurará para além deles, espera-se um alargamento da dimensão geográfica das atividades de ensino e investigação no IPS, bem como um reforço do desenvolvimento de projetos em equipas internacionais, interdisciplinares e com a participação de elementos da sociedade civil e de outros atores regionais.

A cerimónia de abertura oficial da E3UDRES2 está marcada para o próximo dia 3 de dezembro, em St. Pölten, Áustria.

##1##

01 de outubro/2020

Opções
Últimas Notícias
Politécnico de Setúbal expande Incubadora de Ideias de Negócio
IPS abre candidaturas a mestrado pioneiro para profissionais de Logística
Politécnico de Setúbal já é campus europeu
Politécnico de Setúbal regressa ao ensino presencial
Atualização COVID-19 | Ano letivo 2020/2021