This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

O futuro da Engenharia Civil em debate na ESTBarreiro/IPS

Mota-Engil e Grupo Casais contribuem para a reflexão no dia 23, pelas 15h00

Com a crise financeira em Portugal, entre 2009 e 2014, muitos engenheiros civis passaram a exercer a sua atividade fora do país e o número de candidatos aos cursos de Engenharia Civil, tradicionalmente dos mais procurados, caiu abruptamente. Consequentemente, verificou-se uma significativa redução do número de profissionais no Setor, com repercussões na inexistência de profissionais qualificados para dar resposta a uma procura, que se verifica, cada vez maior.

Atualmente, são vários os desafios que as sociedades colocam à Engenharia Civil e aos seus profissionais. Há exigências relativas à qualidade certificada e ao nível da manutenção e reabilitação, da sustentabilidade ambiental, da saúde, da eficiência e reabilitação energética, entre outras. Também o nível das competências no âmbito das Tecnologias de Informação e Comunicação que se requere, atualmente, a um Engenheiro Civil, são muito diferentes das do passado, mesmo de um passado recente. A Modelação de Informação de Edifícios (BIM - Building Information Modeling) ou, mais frequente, a Gestão do Ciclo de Vida de Edifícios (BLM - Building Lifecycle Management) estão a transformar a Engenharia Civil e o setor da construção civil e obras públicas.

Dada a presença e a importância da Engenharia Civil na preservação do passado histórico, na qualidade de vida do presente e na construção sustentável do futuro, o Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) e a Escola Superior de Tecnologia do Barreiro (ESTBarreiro/IPS) promovem, no próximo dia 23 de novembro, um debate sobre "O futuro da Engenharia Civil em Portugal", iniciativa enquadrada na Semana da Ciência e da Tecnologia 2021 e que se propõe discutir as tendências do setor e os desafios atuais da profissão, bem como as competências necessárias para satisfazer as exigências do mercado de trabalho.

Agendado para as 15h00, no laboratório de Engenharia Civil da ESTBarreiro/IPS, o debate, com transmissão em direto na página do IPS no YouTube, contará com as intervenções do presidente do Colégio de Engenharia Civil da Ordem dos Engenheiros, Eng.º Fernando Pinho, do administrador da Mota-Engil, Engenharia e Construção, Eng.º Miguel Boavida, e do diretor coordenador internacional do Grupo Casais, Eng.º Pedro Andrade. A perspetiva da academia ficará a cargo do presidente do IPS, Prof. Doutor Pedro Dominguinhos, e da coordenadora do curso de licenciatura em Engenharia Civil da ESTBarreiro/IPS, Profª. Cristiana Pereira, numa conversa moderada pelo jornalista e diretor do jornal "Rostos", António Sousa Pereira.

O encontro marca também a formalização da relação de parceria entre o IPS e ambas as construtoras, através da assinatura de um protocolo que reconhece a "conveniência comum de desenvolvimento e aprofundamento de ações de colaboração entre as partes em domínios de interesse mútuo", nomeadamente a realização de estágios, estudos e investigação, projetos de inovação e bolsas de estudo.  

O evento presencial terá um número limitado de lugares, sendo necessário inscrição até ao dia 21 de novembro, para o email gi.com@ips.pt .

cartaz

 

 

 

18 de novembro/2021

Opções
Últimas Notícias
Jornal MoveTe | nova edição já disponível
Curso de Formação Científica e Pedagógica de Voluntári@s
IPS distinguido por boas práticas na área da sustentabilidade
Estudantes do IPS criam aplicações para cuidadores de doentes de Alzheimer
Ministro defende 'ensino superior mais ativo' nos Países de Língua Portuguesa