This Page is not available in English  

Saltar para: Menu Principal, Conteúdo, Opções, Login.

Candidatos Matrículas: 1º ano | 1ª Vez Documentação para Licenciatura
DOCUMENTAÇÃO PARA LICENCIATURA

Procedimento
Calendário e horário

Documentação para matrícula:

CTeSP
Licenciatura
Mestrados e Pós-graduações

DOCUMENTAÇÃO PARA MATRÍCULA - LICENCIATURA

A matrícula é realizada presencialmente na Divisão Académica, tendo que apresentar/entregar obrigatoriamente os seguintes documentos (a não apresentação de qualquer um dos documentos listados, implica a não realização da matrícula):

  • Original e fotocópia do Bilhete de Identidade/Cartão de Cidadão/Passaporte ou minuta de documento de identificação;
  • Original e fotocópia do Cartão de Contribuinte (apenas para cidadãos portugueses, caso de ainda não terem o Cartão de Cidadão);
  • Boletim Individual de Saúde com a vacina antitetânica atualizada.
  • Comprovativo de morada oficial - o comprovativo de morada, exigido para efeitos de matrícula e inscrição nos cursos do IPS, pode ser obtido por uma das seguintes formas:
    • a) No Portal das Finanças - pedindo o comprovativo de morada fiscal no Portal das Finanças. Aí poderá obter a sua certidão de domicílio fiscal, tendo a grande vantagem de obter este comprovativo sem qualquer despesa.
      b) Na Loja do Cidadão - Pode solicitar o comprovativo de morada (que vive e onde vive), o qual tem custos. O comprovativo é entregue no próprio dia.
      c) Na Junta de Freguesia - Pode também obter o comprovativo na Junta de Freguesia. O custo é o mesmo do aplicado na Loja do Cidadão, não sendo em geral fornecido no próprio dia.
  • Certificado(s) de Habilitações* - obrigatório para os colocados pelos concursos de acesso local. O certificado de habilitações a entregar depende do tipo de concurso de acesso local. Assim:
    • a) Concursos especiais de acesso à licenciatura - Comprovativo da titularidade das Provas M23 OU Comprovativo da titularidade de CET OU Comprovativo da titularidade de CTeSP OU Comprovativo da titularidade de outro curso superior;
      b) Concurso de mudança de par instituição/curso de licenciatura - Comprovativo da forma de ingresso no ensino superior (Ficha ENES, declaração da instituição de ensino superior acompanhado do respetivo diploma de titularidade);
  • Comprovativo de não prescrição na Escola de origem (no caso de colocados através dos concursos de mudança de par instituição/curso, não oriundos do IPS);
  • Cópia da Portaria/Despacho que aprova o Plano de Estudos do curso de origem* (no caso de colocados através dos concursos de mudança de par instituição/curso, não oriundos do IPS);
  • Programas detalhados das UC do curso de origem autenticados, se não entregues no processo de candidatura, no caso de colocados que já tenham frequentado o ensino superior, não oriundos do IPS* (se aplicável);
  • Comprovativo dos pré-requisitos exigidos para os cursos de Desporto, Tradução e Interpretação de Língua Gestual Portuguesa, Enfermagem, Fisioterapia e Terapia da Fala;
    • Curso de Licenciatura em Tradução e Interpretação da Língua Gestual Portuguesa: Comprovativo de realização do Pré- requisito (Grupo F) – Declaração Médica comprovando acuidade visual e ausência de deficiência psíquica, sensorial ou motora que interfira gravemente com a capacidade funcional e de comunicação interpessoal, a ponto de impedir a aprendizagem própria ou alheia;
    • Cursos de Licenciatura em Enfermagem e Fisioterapia: Comprovativo de realização do Pré-requisito (Grupo A) – Declaração Médica comprovando não apresentar deficiência psíquica, sensorial ou motora que interfira gravemente com a capacidade funcional e de comunicação interpessoal, a ponto de impedir a aprendizagem própria ou alheia;
    • Curso de Licenciatura em Terapia da Fala: (Grupo A) – Declaração Médica comprovando não apresentar deficiência psíquica, sensorial ou motora que interfira gravemente com a capacidade funcional e de comunicação interpessoal, a ponto de impedir a aprendizagem própria ou alheia, bem como declaração emitida por um Terapeuta da Fala, comprovando a ausência de perturbações de linguagem e/ou fala e do domínio da língua portuguesa, tal como é falada e escrita em Portugal.
  • Cópia do boletim de candidatura a bolsa de estudo dos Serviços de Ação Social (se aplicável).

* No caso de estudantes estrangeiros, estes documentos devem ser autenticados pela embaixada ou consulado português no país de origem, ou pela Apostila da Convenção de Haia, e, se não estiverem escritos em português, espanhol, francês ou inglês, traduzidos para português por tradutor reconhecido pela representação diplomática portuguesa.

A matrícula implica o pagamento de uma taxa (ver Tabela de Emolumentos), que contempla o seguro escolar e os custos com o processo de matrícula, bem como uma propina de acordo com a Regulamento de Propinas (PDF | 2MB). A propina pode ser paga na totalidade ou em 10 prestações sendo a primeira paga obrigatoriamente no ato de matrícula. A matrícula apenas fica válida após o pagamento da primeira prestação da propina, com exceção dos candidatos a bolsa de estudo. Caso não seja paga dentro do prazo estabelecido, serão aplicadas coimas por não cumprimento de prazos.

REGIME PRECEDÊNCIAS

O regime de precedência pode ser consultado no documento Regime de Precedências do IPS.

CALENDÁRIO DE MATRÍCULAS

Os calendários de matrículas para 2018/2019 podem ser consultados no seguinte documento Calendário de Matrículas e Inscrições (PDF | 96KB).